Efcis - Comércio Internacional, S.A.
Informação profissional do setor das instalações em Portugal

24º Seminário de Outono da EFRIARC – rumo ao futuro

Alexandra Costa29/11/2023
Evento debateu os temas que impactam o futuro do setor, a par do anúncio dos novos corpos sociais.
Imagen
O 24º Seminário de Outono da EFRIARC, com o tema Rumo ao Futuro | Towards the Future, foi um dia cheio de surpresas. O programa, dividido em três blocos –Políticas e Diretivas; Refrigeração: Que futuro?; e Tecnologias AVAC&R – também contemplou a agraciação aos membros com 20 anos de associado;, a apresentação do livro Ventilação Mecânica – Teoria e Aplicações no Conforto Humano, Indústria e Serviços, da autoria de Rui Cavaca Marcos, publicado pela editora Engebook e com a chancela da EFRIARC; a assinatura pública do Protocolo entre a EFRIARC e o Capítulo Português da ASHRAE; e ainda anúncio dos novos corpos sociais, dado que o evento ocorreu em dia de eleições.
Os setores da construção e da climatização estão em processo de transformação, fruto da incorporação das várias inovações, mas, também, para cumprir as metas definidas pela Comissão Europeia. As metas atuais e as que se perspetivam na nova Diretiva para o Desempenho Energético dos Edifícios (EPBD). Foi precisamente esta a abordagem de Lennart Østergaard, senior manager da associação dinamarquesa VELTEK Ventilation, que abordou a questão das crescentes exigências que têm vindo a ser colocadas aos edifícios, assim como a importância de garantir a qualidade do ar interior.
Imagen
Embora ainda não haja certezas sobre as novidades da nova Diretiva – ela está em fase de debate – o executivo afirmou que “temos deser proativos” e deu o exemplo do que está a ser feito na Dinamarca, em que as autoridades dinamarquesas decidiram adiantar-se e publicaram um conjunto de requisitos de sustentabilidade considerados como suplementares e voluntários aos já existentes nos regulamentos relativos aos edifícios. O executivo afirmou que o impacto ambiental dos produtos tem de ser considerado” e que os edifícios devem ser abordados de uma forma holística.
Na mesma linha Ana Filipa Ferreira, investigadora/IDMEC - Instituto Superior Técnico abordou a questão da avaliação de ciclo de vida dos produtos. A investigadora explicou todos os passos necessários para se conseguir esses dados e quais os procedimentos a seguir.
Mas nada de faz sem técnicos e sem formação. Jorge Barata Marques, diretor de Formação, Informação e Educação da ADENE fez uma avaliação da evolução da qualificação dos técnicos ao longo dos anos e da necessidade de os técnicos investirem no reforço de competências. Sobre a necessidade de acelerar a transição e eficiência energética o executivo mencionou a importância das Green Skills. Já o seu colega Rui Fragoso, diretor de Edifícios e Eficiência de Recursos da ADENE apresentou uma retrospetiva do impacto do SCE desde a sua implementação, em 2006, até ao presente, bem como o atual quadro legal orientado à conceção, construção e operação dos edifícios. Os dados indicam que existem mais de 15.000 grandes edifícios de serviços certificados e mais de 22.000 edifícios ou frações da Administração Pública igualmente com certificação.
Imagen

Isabel Sarmento, coordenadora da Comissão de Especialização em Engenharia de Climatização da Ordem dos Engenheiros, por seu lado, abordou o “Objetivo 55: O que impacta na climatização?”, onde enfatizou os desafios que se avizinham, nomeadamente no que concerne à descarbonização e modernização e integração de sistemas AVAC. A executiva lembrou que a maioria dos portugueses não têm nas suas casas o mínimo de conforto e afirmou que a EPBD é fundamental para se conseguir a renovação, descarbonização, modernização e integração dos sistemas, e ainda o financiamento.

Na vertente Refrigeração: Que futuro?, Alfredo Oliveira, diretor de Investigação e Desenvolvimento da PUREVER FRIEMO explicou as fases de redução de emissões em função do PAG (GWP) estabelecidas pela atual Diretiva F-Gas, onde, além de mostrar os fluidos frigorigéneos que vão desaparecer no curto e médio prazo, salientou os impactos decorrentes em termos de equipamentos afetados quer na área da refrigeração comercial e industrial, quer na área do AVAC.
Informação complementada por Pimenta Borges, engenheiro especialista e consultor de Refrigeração que falou das alternativas existentes em termos de fluidos frigorigéneos naturais, nomeadamente o Amoníaco (R717) e o Dióxido de Carbono (R744). Adicionalmente o engenheiro avaliou as mais valias destes fluidos naturais em termos das suas propriedades físicas e termodinâmicas, teceu considerações acerca dos principais desafios existentes na sua utilização.

Já na reflexão sobre as tecnologias AVAC, Asdrúbal González, country sales manager da FLÄKTGROUP SPAIN, abordou nova revolução industrial introduzida pela Indústria 4.0 e o consequente crescimento acelerado da tecnologia, acrescentando que é necessário usar as tecnologias digitais para mudar um modelo de negócios e fornecer novas oportunidades de geração de receita e valor. O executivo abordou ainda a plataforma FläktEdge, nomeadamente a sua utilização na otimização dos sistemas de ventilação dos edifícios, desde as Unidades de Tratamento de Ar até às Vigas arrefecidas e/ou Ventiloconvetores.

Nuno Ribeiro, customer success na WiseMetering, por seu lado, apresentou a metodologia seguida e os resultados alcançados com a aplicação da Plataforma WiseMetering – Plataforma de Gestão de Energia & Água a um caso de estudo envolvendo 50 edifícios dos CTT – Correios de Portugal. Já Enrique Galán, DSM para Portugal na BELIMO Ibérica para além de focar os desafios impostos pela EPBD / ISO 52120-1 em termos de monitorização da energia e dos indicadores de qualidade ambiental e sua relação com a eficiência e poupança energética dos edifícios, apresentou equipamentos e tecnologias que vão de encontro às necessidades identificadas.

O dia terminou com a apresentação dos novos corpos sociais:

Direção:

Presidente: Cláudia Sofia Séneca da Luz Casaca, associado nº 942

Vice-Presidente: António Manuel de Almeida Sampaio, associado nº 55

Tesoureiro: António Manuel Vera Figueirinhas, associado nº 828

1º Vogal: Ana Luisa Amaro da Silva Fernandes, associado nº 965

2º Vogal: Jorge Miguel de Sousa Santarém, associado nº 477

Mesa da Assembleia Geral

Presidente: António Bordalo Pereira Lopes Vieira, associado nº 472

1º Secretário: Jorge Miguel Marques Rosa, associado nº 393

2º Secretário: José Luis Mourato Morgado Moura, associado nº 396

Conselho Fiscal

Presidente: Amílcar Simões Moreira, associado nº 172

Vice-Presidente: Paulo Manuel Gonçalves Gil, associado nº 315

Vogal: Luis Miguel Silva Correia, associado nº 643

Imagen
Imagen
Imagen
Imagen
foto

REVISTAS

VulcanoSiga-nosProfei, S.L.Lisboa Feiras, Congressos e Eventos / Associação Empresarial (Smart Cities Summit - Fil - Tektónica)

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter O Instalador

    26/02/2024

  • Newsletter O Instalador

    19/02/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

oinstalador.novaagora.com

O Instalador - Informação profissional do setor das instalações em Portugal

Estatuto Editorial